Home Notícias Comissão de Educação da Câmara Municipal discute inclusão escolar de crianças e adolescentes em acolhimento institucional

Comissão de Educação da Câmara Municipal discute inclusão escolar de crianças e adolescentes em acolhimento institucional

Por Ivanaldo Fernandes Costa Júnior

A Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Lazer da Câmara Municipal de Mossoró, presidida pelo vereador Professor Francisco Carlos, realiza nesta sexta-feira, 25, às 9h, no plenário da casa uma reunião temática para discutir a inclusão/exclusão escolar de crianças e adolescentes em acolhimento institucional.

É bastante oportuno realizarmos uma ampla discussão sobre o tema a fim de buscarmos alternativas viáveis para as crianças e adolescentes em situação de acolhimento, visto que a escolarização é meio importante e indispensável para garantir-lhes um futuro”.

A reunião será transmitida pela TV Câmara que pode ser acessada pela TV Cabo Mossoró no Canal 23,1 ou pelo Youtube.

ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL
O acolhimento institucional é um dos serviços de Proteção Social Especial de Alta Complexidade do Sistema Único de Assistência Social. Seu principal objetivo é promover o acolhimento de famílias ou indivíduos com vínculos familiares rompidos ou fragilizados, de forma a garantir sua proteção integral.


Esse serviço é prestado em unidade inseridas na comunidade e deve obrigatoriamente possuir características residenciais. Ou seja, ser um ambiente acolhedor e com estrutura física adequada para atender às necessidades dos usuários.
Além disso, essas unidades devem cumprir os requisitos previstos nos regulamentos para a oferta do serviço de acolhimento, promovendo condições de acessibilidade, higiene, salubridade, segurança e privacidade.


O serviço de acolhimento deve favorecer o convívio familiar e comunitário, a utilização dos demais equipamentos e serviços disponíveis na comunidade onde a unidade está localizada, e o mais importante de todos, deverá respeitar os costumes, tradições e a diversidade como: as diferentes faixas etárias, os arranjos familiares, religião, gênero, orientação sexual, raça ou etnia.

Outras postagens

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Mais informações